CITAÇÃO INTERESSANTE DE JULIAN HUXLEY

agosto 19, 2006 às 7:58 am | Publicado em Blogroll, Uncategorized | Deixe um comentário

Acho pertinente adicionar uma citação interessante aqui:

De fato, o falecido Julian Huxley, um ex-líder darwinista, admitiu que a liberdade sexual é uma motivação popular por trás do dogma evolucionista. Quando lhe foi perguntado pelo apresentador Merv Griffin “Por que as pessoas acreditam na evolução?”, Huxley respondeu honestamente: “A razão pela qual aceitamos o darwinismo, mesmo sem provas, é que não queríamos que Deus interferisse em nossos hábitos sexuais”.

James Kennedy — Skeptics Answered. Citado em: Geisler & Turek — Não tenho fé suficiente para ser ateu. Vida. pág. 168.

O QUE DESTRUIU SODOMA E GOMORRA?

agosto 17, 2006 às 8:41 am | Publicado em Blogroll, Uncategorized | Deixe um comentário

Uma chuva de fogo e enxofre, como está escrito na Bíblia.

Pode ser que as ruínas já tenham sido encontradas no sudeste do mar morto: Bab Edh-Dhra (Sodoma) e Numeira (Gomorra). E segundo as análises do local, ambas foram destruídas ao mesmo tempo por um grande incêndio, que aparentemente começou pelo teto das construções.

Existem depósitos subterrâneos de betume na região, e estes depósitos contém uma alta percentagem de enxofre. Segundo o geólogo Frederick Clapp, a pressão causada por um terremoto poderia, em determinadas condições, impelir estes depósitos pra fora da terra, Sendo assim, essa massa inflamável poderia ser incendiada e temos aí nossa chuva de fogo e enxofre.

Tirei daqui: http://www.christiananswers.net/q-abr/abr-a007.html

Ainda pretendo voltar a este tema em outra oportunidade.

DEUS E ESCRITA CHINESA ANTIGA

agosto 17, 2006 às 8:39 am | Publicado em Blogroll, Uncategorized | Deixe um comentário

Animação:
http://www.wbschool.org/chinesecharacters.htm

Artigos discutindo esta teoria:
http://www.answersingenesis.org/creation/v20/i3/china.asp
http://www.answersingenesis.org/home/area/magazines/tj/docs/tjv13n1chinese_lamb.pdf

SÓCRATES E HERÓDES DEBATEM SOBRE O ABORTO…

agosto 17, 2006 às 8:35 am | Publicado em Blogroll, Uncategorized | Deixe um comentário
Herodes: Eles [os pró-vida] alegam saber o que de fato não sabem: que o feto é uma pessoa humana desde o momento da concepção.

Sócrates: E você? Você não declara saber o que não sabe?

Herodes: Não. Essa é minha vantagem e minha sabedoria. Não alego saber o que não sei. Eles sim. Eles são os dogmáticos. Os teólogos, filósofos e cientistas discutiram a respeito disso por muitos anos sem acordo. É dogmatismo claro alguém reivindicar certeza desse ponto polêmico […] Simplesmente não sabemos quando o feto [nota minha: deveria ter preferido embrião ao invés de feto, mas tudo bem. Lembrando: Embrião – até ~8ª-10ª semana; Feto – a partir daí.] se torna uma pessoa humana. Qualquer um que declara saber é tolo porque alega saber o que não sabe.

Sócrates: Você não sabe se o feto é uma pessoa certo?

Herodes: Certo.

Sócrates: E o seu trabalho aqui é matar fetos certo?

Herodes: Sócrates, eu continuo chocado com a linguagem que você resolve usar. Eu aborto gravidez indesejada.

Sócrates: Matando fetos ou fazendo outra coisa qualquer?

Herodes: (Suspiro.) Matando fetos.

Sócrates: Sem saber se eles são pessoas ou não?

Herodes: Oh, bem…

Sócrates: Você disse instantes atrás que não sabia quando o feto se tornava pessoa. Você sabe agora?

Herodes: Não.

Sócrates: Então você mata fetos sem saber se eles são pessoas ou não?

Herodes: Se tem de ser colocado dessa forma.

Sócrates: Ora, o que você diria de um caçador que atira quando vê um movimento brusco nos arbustos, sem saber se é uma corça ou outro caçador? Você o chamaria de sábio ou tolo?

Herodes: Está dizendo que eu sou assassino?

Sócrates: Estou somente fazendo uma pergunta de cada vez. Devo repetir a pergunta?

Herodes: Não.

Sócrates: Então você vai respondê-la?

Herodes: (Suspiro) Tudo bem. Esse caçador é um tolo Sócrates.

Sócrates: E por que ele é tolo?

Herodes: Você não dá sossego, não é?

Sócrates: Não. Você não diria que ele é tolo porque alega saber o que não sabe, isto é, que é só uma corça no arbusto, e não seu companheiro de caça?

Herodes: Suponho que sim.

Sócrates: Ou suponha que uma companhia fosse fumigar um prédio com um produto químico altamente tóxico para matar algumas pragas e você fosse responsável por evacuar o edifício primeiro. Se você não tivesse certeza de haver pessoas no edifício e mesmo assim desse ordem para fumigar, esse seu ato seria sábio ou tolo?

Herodes: Tolo, obviamente.

Sócrates: Por quê? Não é porque você estaria agindo como se soubesse algo que realmente não sabe, isto é, que não havia pessoas no edifício?

Herodes: Sim.

Sócrates: E agora você doutor. Você mata fetos – por quaisquer que sejam os meios, não importa; poderia ser com revólver ou veneno. E você diz que não sabe se eles são pessoas humanas. Isso não é agir como se você soubesse o que não sabe? Não é uma insensatez – na verdade, o cúmulo da insensatez, em vez de sabedoria?

Herodes: Eu suponho que você quer que eu diga mansamente: “Sim, de fato Sócrates. Qualquer coisa que você diga é certa, Sócrates.”

Sócrates: Você pode se defender desse argumento?

Herodes: Não.

Sócrates: Esse argumento o devorou como um tubarão, do mesmo modo que você devora os fetos.

Peter Kreeft, em: Norman Geisler – Fundamentos Inabaláveis. Vida. 2003.

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.